segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Fibromialgia e calor

Vim a internet um tanto desesperada tentar saber o que eu faço no calor infernal que está acontecendo aqui.

A fadiga está pior. A dor insuportável. Não consigo me concentrar, as pernas doem como se eu tivesse corrido uma maratona, e a cabeça parece que está sendo esmagada.

Sempre procuro blogs que compartilham meus objetivos e sofrimentos. Muitos que eu encontrei sobre fibromialgia não me agradaram por serem muito negativos e depressivos. Eu entendo, afinal, quem escrevia esses blogs eram fibromiálgicas. Mas eles não me ajudavam muito. Parecia que a síndrome acabava com a nossa vida, e não é o que quero pra mim.  Eu já sou negativa sozinha, se lesse mais coisas ruins sobre minha condição ficaria bem pior.  Sei de todas as coisas horríveis que a gente sente e a depressão que vem. Mas eu prefiro não falar disso.

Encontrei um blog legal, com uma boa postagem sobre a fibromialgia e o calor, o link é ESSE.

Em parte diz:

************************************************
Porque a temperatura afeta a Fibromialgia

A investigação descobriu que as pessoas com Fibromialgia expostas a temperaturas quentes sentem aumentos em:

  • Dor muscular
  • Dores de cabeça 
  • Fadiga
  • Ansiedade
  • Depressão

Outros pacientes com Fibromialgia relataram sentir estes sintomas em tempo frio. "Qualquer tipo de mudança extrema no tempo pode fazer a diferença", diz Matallana. "Os nossos corpos não parecem ser capazes de se adaptar bem como os de pessoas saudáveis."

Problemas com a regulação de temperatura: A investigação descobriu que as pessoas com Fibromialgia têm dificuldade em habituar-se às mudanças de temperatura. O calor pode incomodar as pessoas com Fibromialgia porque não transpiraram tão facilmente
como os outros. "Porque há fluxo de sangue limitado na pele, há menos capacidade de suar", diz Matallana. Como o calor do corpo sobe, os pacientes com Fibromialgia sofrem com febres e dores musculares, e também são mais propensos a ter erupções cutâneas por causa do calor e ataque cardíaco.

A desidratação: Pacientes com Fibromialgia ficam desidratados facilmente, o que pode levar a dores de cabeça, dor e fadiga.

Insónias: A falta de sono muitas vezes pode fazer com que os sintomas da Fibromialgia
piorem, e noites quentes e húmidas dificultam o sono. "As pessoas muitas vezes acabam por tentar utilizar ar condicionado ou ventiladores, e isso também pode perturbar o sono", disse Matallana.

Estratégias para enfrentar o tempo quente

Quando o clima fica quente, os pacientes com Fibromialgia com sensibilidade ao calor precisam prestar muita atenção a seus corpos. Para se proteger, você deve:

Mantenha-se hidratado: 
Certifique-se de beber muita água, e não espere até que fique sedento antes de beber. A desidratação pode preceder sede real. Leve uma garrafa de
água consigo para todo o lado e beba muitas vezes. Evite consumir álcool, pois pode causar a perda de fluidos corporais. Não beba líquidos que são excessivamente frio, pois podem causar cólicas.

Mantenha-se fresco:
Use ar condicionado para manter a casa fresca. Se você não tem ar condicionado, vá para outros locais frescos. Tome banhos frios ou vá dar um mergulho. Usando uma bolsa com gelo pode ajudá-lo a refrescar-se e a aliviar a dor muscular. Panos húmidos frescos no seu pescoço ou cubos de gelo nos seus pulsos podem também atenuar os efeitos do calor.

Fique confortável:
Usar roupa leve, confortável, folgada que respira. Escolha cores brilhantes ou brancos; cores escuras absorvem o calor.

Flutuações de temperatura podem fazer com que a Fibromialgia piore. Mas uma vez que você sabe que extremo o incómoda mais, pode planear com antecedência e passar o tempo dentro de casa, onde você pode controlar melhor as condições.

******************************************************************

Vou ver como vou fazer pra suportar, já que minha casa vira um pequeno forno.
Shopping aí vou eu ficar no ar, rsrsrs
Aqui no Rio, tá fácil não. Pra ninguém tá fácil...

Roupas mais leves já estavam na lista antes, o jeans não tem me feito sentir bem. Já não faz tanto meu estilo. Preciso, claro, pois é clássico, só não vou comprar mais.