sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Auto-estima e aceitação

Este blog aqui não dá fórmulas. Ele não dá dicas infalíveis. E mesmo eu me pergunto se posso postar algo que escrevi porque eu não me sinto exemplo para ninguém. Ainda estou trilhando um caminho. Assim como muito que vem aqui. Estou na busca pela minha paz e felicidade.

Se você é o tipo de pessoa que vê defeito em tudo quando se olha no espelho, bem-vinda ao clube.
Se você fala uma coisa, depois fica o dia todo remoendo isso pensando que não deveria ter dito, xingando-se mentalmente e seu dia acaba aí.
Se as pessoas todas parecem melhores que você.
Se você pensa não ter talento.
Se você precisa do elogio das pessoas, se precisa de aprovação.
Se você sofre quando alguém simplesmente não gosta de você.
Se você se sente incapaz de ir mais além.

Pare com isso tudo agora! E pense nesses pontos:

1- Ser você mesmo já é o suficiente, aliás, já é o bastante.

Você não precisa ser outra pessoa. Você não precisava ter nascido mais bonito, ou esperto, ou qualquer outra coisa. Você é você. Isso já tá ótimo!  E não tenha vergonha de ser você, mesmo com suas dúvidas e defeitos. Não tenha medo de deixar as pessoas verem quem você é, o que você gosta, o que pensa.

2- Você não deve nada a ninguém!

Você não deve explicações, nem desculpas.  As pessoas não tem o direito de exigir nada de você além daquilo que você quer pra sua vida. É você quem decide o que quer ser, fazer, estudar, vestir, e tudo mais. Sua vida, suas escolhas. Se os outros não gostam, acostume-se a isso. Se as pessoas criticam suas escolhas e sua vida pergunte-se se a crítica é válida e construtiva, se não é, "Joga fora no lixo".

3- Você é sim capaz de fazer coisas, grandes coisas

Você quer o quê da vida? Corra atrás! Eu não acho que nós vamos conseguir qualquer coisa, que todo mundo consegue tudo o que quer, até porque tem gente que quer coisas complicadas, como por exemplo, ser mundialmente famoso. Aí se esse tipo de coisa é ter sucesso pra você não acho que todo mundo chega lá, não.  Mas se você quer coisas na vida que envolvem sua capacidade e seu esforço, aí você pode sim!
Eu quero tocar violão, não profissionalmente, mas quero aprender músicas, além das 5 que sei tocar. E o que preciso? Praticar!  Tenho talento? Não, não tenho. Mas se eu quero, eu posso!
Arrisque-se. Não tente, faça!

Veja a Jout Jout falando de possibilidades:



4- Busque melhorias, mas sem excesso de cobrança

Amar-se não significa aceitar todos os seus defeitos e ficar do jeito que é que tá muito bom. Não! Amar-se é aceitar ser quem você é, é se conhecer. O autoconhecimento vai te mostrar seus defeitos e qualidades. Aprimore qualidades, tente melhorar seus defeitos. Não precisa ficar desesperado com seus defeitos, mas também não é legal fingir que eles não existem. Melhore. Tenha objetivos e busque alcançá-los.

5- Lembre-se do que é mais importante

A pessoa mais bonita, não é a melhor pessoa. Nem o mais inteligente. Nem o mais talentoso.  Há pessoas lindas que são vazias. Hitler era muito inteligente. Muitas pessoas talentosíssimas morreram aos 27 anos, minha idade.
Você tem que buscar coisas maiores. Pense em quais são essas coisas maiores pra você. Mas tenha certeza, são coisas que vão além da aparência.

Lembre-se de se importar menos com o julgamento maldoso dos outros, aliás, sendo maldoso não se importe!

Seja feliz!