quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Vício em açúcar / Documentário Food Choices

Olá, meu povo

Como já falei aqui muitas vezes, é preciso parar de planejar e começar a agir. Porém não é fácil. Eu amo planejar, montar listas, etc. Porém, na hora da execução eu falho. Então agora o objetivo das coisas é agir sem falar demais antes e sem grandes planejamentos desnecessários.

Percebi que tenho vício em açúcar. E que está piorando. Comi tantos doces este mês que até me assustei. De onde veio esse desejo? Aí comecei a buscar mais informação sobre o assunto, não vou discorrer aqui porque não sou nutricionista. Mas o que observei nos vídeos que assisti é que o açúcar dá sensação momentânea de bem-estar como uma droga qualquer. Quando a sensação acaba você quer mais e mais e mais, e quanto mais açúcar consome, mais você quer consumir. Você quer os picos glicêmicos. E a outra explicação que encontrei é que o açúcar alimenta bactérias ruins que há no intestino, quanto mais açúcar, mais elas se proliferam, e mais seu corpo pede açúcar para mantê-las vivas. E eu não quero as bactérias do mal, quero as do bem! Então estou tentando reduzir o açúcar refinado pra começar, e a farinha branca.

Como alguns já sabem, nosso intestino é muito importante, sendo até chamado de segundo cérebro.  Muitas doenças são causadas por inflamações, até mesmo doenças degenerativas do cérebro, e as inflamações podem ser criadas lá no nosso intestino. O intestino também produz serotonina.  Enfim: se seu intestino está bem, você fica feliz, inteligente, sistema imunológico maravilhoso.

Se quiser saber mais:

https://saude.abril.com.br/mente-saudavel/a-incrivel-conexao-cerebro-intestino/


Achei muito interessante também o documentário Food Choices.(disponível na Netflix)
O documentário fala de uma alimentação baseada em plantas, e mostra motivos para não consumir proteína animal.
Embora eu não seja vegana ou vegetariana, e não sei se um dia serei, esse documentário nos faz pensar em muitas coisas, sendo uma delas a famosa dieta da proteína.

O documentário faz pensar sobre o que as dietas de redução de carboidrato e aumento de proteína fizeram com a mente das pessoas, movimentando um mercado imenso de produtos para suplementação de proteína que de acordo com os especialistas do vídeo é uma mentira. Questionam inclusive as tais cápsulas de ômega-3.
O que os especialistas deste vídeo dizem é que uma alimentação baseada em verduras, legumes, frutas e grãos, te dá tudo que você precisa pra viver.  Excluir da alimentação todo tipo de industrializado e produtos de origem animal.

Eu mesma já fiz a dieta da proteína por causa do emagrecimento rápido. Engordei mais rápido ainda.  Mas fiquei com o pensamento de que o carboidrato é vilão, e o grande problema é que esse tipo de dieta exclui frutas e legumes da alimentação.  Se você parar pra pensar bem, isso não tem como ser bom.(a não ser que você faça parte da minoria que tem alergia a frutose)

Mesmo que não possamos comprar os orgânicos, nos alimentar principalmente com os produtos vindos do sacolão do nosso bairro é muito melhor do que ter como base principal os industrializados do mercado.  É uma modificação que pode ser feita aos poucos, aumentando gradativamente, não é?

O documentário também fala do impacto ambiental da nossa alimentação carnívora. Assista... pode ter um impacto positivo na sua vida.

***
Só uma observação:
Não entendi uma parte relacionada a vitamina B-12. Nós precisamos dela e não está presente nos vegetais. O documentário falou alguma coisa relacionada a isso, mas não me lembro bem.