sábado, 7 de abril de 2018

Estabeleça prioridades



" Só tenho tempo pras manchetes no metrô
E o que acontece na novela, alguém me conta no corredor,
Escolho filmes que eu não vejo no elevador
Pelas estrelas que eu encontro na crítica do leitor...
(...)
Eu tenho pressa e tanta coisa me interessa, mas nada tanto assim.
(...)
Eu sei de quase tudo um pouco e quase tudo mal"
Kid Abelha

Essa música sempre me definiu.
Meus interesses:
Idiomas
Jardinagem
Literatura
Cinema
Pedagogia
Fotografia
Gastronomia
E acima de tudo isso e mais importante que tudo tenho minha vida espiritual.

Eu posso querer me dedicar a tudo, mas não dá. Antes eu colocava tudo na minha rotina, todas essas coisas. E não dava certo. Nunca deu. Ter muitos objetivos é angustiante. Exaustivo. É preciso buscar a sua essência, o mais importante pra você. Eu não coloco aqui o cuidado com a saúde, porque sem saúde não se faz nada. Mas vou falar sobre isso depois, isso também eu estou levando de forma mais leve. Não dá pra ter milhares de prioridades. Então decidi minhas prioridades... a minha vida espiritual, o estudo da Bíblia e como estou trabalhando como intérprete o aprofundamento do conhecimento em Libras.
Essas serão as minhas prioridades para questões de aprendizagem e uso do tempo, não vou tentar aprender tudo que está a minha frente. Não vou ficar consumindo milhares de informações pouco úteis.

Claro que quero viver leve... então estabelecendo alvos realísticos e excluindo as perdas de tempo, você consegue fazer essas coisas e cuidar de si, de sua alimentação, exercício, porque essas são as coisas normais da vida, que não podem ser deixadas de lado.

É melhor você ser especialista em algo do que saber pouco de muito. Aí sim você pode se destacar e conseguir fazer coisas significativas.

Não dá pra viver tudo. É preciso fazer escolhas para se viver melhor. Já temos nossas obrigações diárias com nossa casa, nossa família. Temos que valorizar o tempo com os amigos. O tempo com quem amamos. É preciso desacelerar. Ter foco ajuda... é mais fácil ir devagar quando o foco está dividido pra pouca coisa, ou apenas uma.

Como hobbie eu vou pegar o violão, vou continuar adquirindo plantas que me acalmam, vou ler. Mas sem cobranças, no tempo vago, como hobbie. Não como obrigação. Como obrigação(e obrigação prazeiroza), apenas as duas mencionadas. Só.

Então, se posso te dar um conselho é:
Descubra o que é importante. E foque nisso!

Pedacinho do livro "O essencialista"


Beijinhos e até a próxima!